É possível ter uma overdose de cannabis?

Um dos conceitos mais errados em relação à maconha é a possibilidade de morrer de overdose pelo uso dessa substância. O limite a ser alcançado para que a ingestão de cannabis seja letal é impossível de atingir. De todas as formas, a maconha com THC é uma substância psicoativa que deve ser respeitada. 

Infelizmente, o termo overdose costuma estar relacionado apenas a drogas, mas a realidade é que o uso excessivo de qualquer substância pode ser prejudicial. Para que o uso da cannabis seja letal, você precisaria fumar cerca de 680 kg de cannabis em 15 minutos.

No entanto, nem todos podemos ser usuários de maconha. Se você tiver sentimentos de paranoia ou fadiga ao consumi-la, a maconha provavelmente não seja a melhor opção.

Quando um usuário consome doses extremamente altas de THC, seja em alimentos ou destilados, ele pode sentir náuseas, desorientação, batimentos cardíacos acelerados, pressão arterial baixa ou mal-estar geral. Mas, como dissemos antes, você não corre o risco de morrer. Podemos nos referir a esses sintomas como estar na fossa, e para que o usuário se sinta melhor, só tem que aguardar e beber água. 

Overdose de comestíveis

Sabe-se que não há nem mesmo um caso registrado de overdose por uso de maconha. No entanto, fumar um cigarro de cannabis não é o mesmo que comer um brownie. Ao consumir cannabis na forma comestível, são usados 100% dos canabinoides (THC/CBD). Quando fumada, apenas consomem-se 40%, pois os outros 60% evaporam na combustão.

O mesmo acontece com destilados e concentrados. Tanto o haxixe quanto o wax, entre outros, têm altas doses de THC e ao consumi-los o usuário obterá 100% dos canabinoides. 

Em vez de lutar contra um momento ruim, é melhor evitá-lo. Com os comestíveis, o ideal é começar aos poucos já que o efeito vai demorar entre 30 e 60 minutos após o consumo. Para concentrados, começar com doses baixas. 

Se o consumo foi excessivo, essas dicas podem ser de grande ajuda:

-Ficar num local tranquilo onde se sinta seguro. 

-Concentrar-se na respiração.  

-Procurar a companhia de alguém de confiança. 

-Consumir açúcar ajuda para a baixa pressão.

-Muitos estudos afirmam que consumir CBD nessas situações pode ajudar, uma vez que este canabinoide modera os efeitos do THC. Pode ser uma cápsula ou uma dose de extrato puro de CBD.

-Tomar água.

O mais importante é avisar alguém próximo sobre seu desconforto. Não deve ter vergonha e pedir ajuda é sempre uma boa ideia. Algo que sempre funciona é lembrar que a vida não está em jogo e que mais cedo ou mais tarde o desconforto vai passar. 

Ler e estar informado é a chave para não passar um momento ruim. A informação é a melhor ferramenta para começar em qualquer prática e pedir a outros usuários dicas sobre quantidades ou formas de consumo pode mudar completamente a experiência. Ajudar a comunidade cannábica é algo para sempre levar em mente, já que uma viagem ruim pode acontecer com qualquer pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *